Portugal tem boas estadias para oferecer, a preços competitivos e com muitos extrasrp 260601701-W300

Hotéis, hostels, casas, apartamentos... Tanto faz. Quem vai de férias gosta de ficar em alojamentos bons e baratos. E há muitos em Portugal. O motor de busca de hotéis Trivago analisou milhares de opiniões de viajantes de todo o mundo e elaborou uma lista com aqueles que são considerados os dez melhores estabelecimentos portugueses para pernoitar sem gastar muito dinheiro. Só do Porto, há quatro na lista, sendo que o primeiro lugar vai mesmo para Sagres Time Apartamentos:

1. Sagres Time Apartamentos

Relativamente recente, uma vez que abriu apenas há dois anos, é uma boa escolha para fugir ao stress. Pontos fortes: a piscina exterior de água salgada, com ligação directa para os apartamentos e a simpatia dos funcionários. Mas também o conforto, a limpeza e, sobretudo, a localização ajudaram a que este aparthotel fosse galardoado com a nota máxima.

2. Garden House Hostel (Porto)

Fica num casarão do século XIX, na rua de Santa Catarina, morada do mítico café Majestic. «A localização de excelência e o ambiente descontraído fazem as delícias dos hóspedes».

3. Casa do Outeiro (Batalha)

Umas férias de proximidade e de bom acolhimento é a primeira impressão que temos ao ler comentários como «a simpatia do Sr. Vítor» feitos à Casa do Outeiro, na Batalha.

Estabelecimento de gestão familiar, fica mesmo no centro da cidade, com uma vista «soberba» para o Mosteiro da Batalha, que é património da Humanidade para a UNESCO. O pequeno-almoço é de fazer água na boca, dizem.

Ler mais...

Segundo dados divulgados pela IATA, a idade média da frota aérea mundial é de 11,3 anos. Se estes são considerados muitos ou poucos anos,bp 310305201-W300 depende da manutenção que é dada a cada avião. Tanto a TAP como a Iberia estão abaixo da média, com uma frota que ronda os dez anos. Por outro lado, Ryanair, Qatar Airways ou AirEuropa contam uma média de quatro anos. A LAN, a Turkish Airlines e a Emirates surgem a seguir, com menos de seis anos.

De acordo com o Expansión, as companhias aéreas não deixaram de investir na modernização das frotas. Uma das principais razões do investimento é o aumento do preço dos combustíveis, que requer aeronaves mais eficientes a nível energético. Outras razões relacionam-se com a segurança e entretenimento a bordo.

TAP: A idade média da frota da TAP ronda os dez anos, superando a média mundial. Considerada uma das companhias aéreas mais seguras do mundo, totaliza 55 aviões, divididos entre Airbus A340, A330, A321, A320 e A319. São 71 aviões se contabilizarmos a frota da Portugália. Este ano a empresa faz 68 anos e apesar de os Airbus A340 serem os mais antigos da frota, a TAP garante que tem havido manutenção regular e melhoramentos ao nível da eficiência e entretenimento a bordo, modernizando os aviões. Neste momento a companhia portuguesa aguarda pela chegada de novos Airbus A350, que não deverão estar disponíveis antes de 2015.

Iberia: A Iberia tem 137 aviões que, somados, geram uma média de 9,7 anos, pouco menos que a TAP. Para modernizar a frota, implementou recentemente o Airbus A330, que reduz o consumo de combustível em voos transatlânticos em cerca de 15 por cento. Outros sete aviões chegam até março de 2014.

Ler mais...

As companhias low cost estão cada vez mais presentes em Portugal. São muitas as empresas que oferecem voos mais baratos para diversas cidades.bp 310304402-W300

Aqui fica uma lista dos destinos que cada uma disponibiliza a partir dos aeroportos de Lisboa e do Porto:

Easyjet

Lisboa:
-Basileia
-Genebra
-Londres
-Milão
-Paris
-Berlim
-Bristol
-Liverpool
-Madrid
-Lyon
-Funchal
-Roma
-Edimburgo
-Toulouse
-Barcelona
-Bilbao
-Oviedo
-Bordéus

Ler mais...

Pensa que está a poupar, mas existem certos mitos que ainda o fazem gastar mais dinheiro. Descubra-os.pp 080217202-W300

Na hora de viajar para o estrangeiro existem certos procedimentos que, de acordo com o conhecimento popular, se devem seguir para poupar dinheiro: marcar tudo com o máximo de antecedência possível, procurar promoções em sites que não os do próprio hotel, ou mesmo aproveitar as duty-free shops do aeroporto para fazer compras.

Mas tem a certeza que todos esses negócios são infalíveis? A revista Time ajuda a desvendar alguns mitos.

Mito 1: "O melhor é marcar a viagem o mais cedo possível"
No ano passado a Airlines Reporting Corporation fez um estudo sobre marcações de viagens e concluiu que a melhor altura para comprar um bilhete de avião era com seis semanas de antecedência, altura em que as companhias aéreas baixavam os preços para vender lugares vazios. O estudo concluiu que, em 2011, bilhetes comprados com seis semanas de avanço eram 6% mais baratos, e em anos anteriores o desconto era ainda maior. Um estudo mais recente, da CheapAir.com, aponta as sete semanas de antecedência como a melhor altura para comprar bilhetes. No entanto, o blogger de "View From the Wing", Gary Leff, defende que a altura em que se marca a viagem depende da companhia aérea, do trajeto e do dia da semana. O melhor, aconselha, é ir fazendo alguma pesquisa acerca da rota pretendida para ganhar noção dos preços praticados.

Ler mais...

71% dizem-se insatisfeitos, mais 11% do que há um ano bp 310305001-W300

A Ryanair é a companhia aérea que comete mais abusos. Sete em cada dez clientes desta companhia «low cost» - que também opera a partir de Portugal para vários destinos na Europa - colocam a Ryanair como líder em termos de falhas.

A opinião foi recolhida entre os passageiros por uma organização espanhola de defesa dos consumidores. Conclusão: 71% dizem-se insatisfeitos, mais 11% do que há um ano.

Em segundo lugar, mas a grande distancia da transportadora irlandesa, surge a espanhola Iberia, que é apontada por 10% dos utilizadores.

Ler mais...